in ,

14 erros na hora da reforma que você pode evitar

O sonho de muitos brasileiros é ter sua casa própria de modo que ela possa satisfazer suas necessidades de moradia e proporcione conforto para a família. Infelizmente nem todos têm a oportunidade de realizar esse sonho, mas aqueles que conseguem costumam pensar em todos os detalhes fazendo um projeto que tenha seu estilo e atenda tudo aquilo que almeja.
Alguns que não conseguem fazer isso optam por adquirir um imóvel mais barato para que possam reformar. Mas saiba, antes de começarmos uma obra ou reforma, normalmente as pessoas optam por fazer aquelas famosas tendências de design e os vendedores das lojas de construção ficam felizes em nos convencer a comprar o que buscamos. Contudo, na prática, muitas vezes acontece de alguns detalhes não serem tão ideais quanto pareciam, ou nem passaram por nossas cabeças na hora de comprar.
Pensando nisso, nossa equipe de redação do site X4T, selecionou uma lista de erros cometidos em reformas que talvez isso ajude a evitar despesas desnecessárias ao planejar sua futura obra.

1. Pia redonda na cozinha
As pias redondas entraram nas nossas vidas nos anos 90 e pareciam incomuns e ergonômicas, inclusive imitando perfeitamente o formato redondo dos pratos e panelas. Mas, na realidade, elas não são nada convenientes. Dá para colocar muito mais pratos em uma quadrada, porque os copos e as xícaras se encaixam perfeitamente nos cantos. Já no modelo redondo, como há pouco espaço, os pratos sujos acabam se acumulando ao redor dele ou são equilibrados sobre as outras louças.


Foto: Reprodução/Brightside

2. Banheira freestanding
Já há alguns anos, esse tipo despertou nossa imaginação e ganhou um lugarzinho nos nossos sonhos de design de interiores. Não dá para negar que essas banheiras são elegantes e modernas, mas sejamos realistas: para ter esse luxo, o banheiro deve necessariamente ser bem espaçoso. Caso contrário, é extremamente inconveniente limpar ao redor, porque é difícil entrar nos espaços estreitos entre a banheira e a parede. Este tipo é ideal para quem tem um banheiro grande ou para quem possui uma assistente doméstica que limpará por você toda a água frequentemente derramada.


Foto: Reprodução/Brightside

3. Armário com portas deslizantes
O amor das pessoas por esses armários surgiu desde o final dos anos 90. A capacidade de substituir os clássicos por guarda-roupas com portas de correr se tornou imediatamente muito popular, especialmente nos apartamentos pequenos. Desde então, usamos esses modelos em todos os lugares.
Na realidade, as portas de correr não são tão convenientes assim. Muitas vezes, elas não fecham totalmente, mostrando descaradamente as coisas dos seus donos aos outros. Já um guarda-roupa com portas comuns de batente é muito mais prático, já que você pode simplesmente fechar ou abrir todas ao mesmo tempo e sem correr o risco de ter uma delas deslizando à toa por falta de nivelamento.


Foto: Reprodução/Brightside

4. Torneira de superfície plana
Essa torneira foi meu maior erro já cometido. A escolha só pode ter sido um delírio mental influenciado por um vendedor falante e convincente, porque não há outra explicação para se comprar isso. A maioria das torneiras tem um formato arredondado, que faz com que as gotas simplesmente escorram da sua superfície. Mas quando a torneira tem uma superfície plana, todas as gotas permanecem nela, deixando marcas e manchas de sujeira. Somente depois de algumas semanas de uso foi que percebi meu erro, mas já era tarde demais.


Foto: Reprodução/Brightside

5. Piso escuro
Seja ele laminado ou de ladrilho, o fato é que em um piso escuro as sujeiras são muito mais visíveis do que em um claro. Parece que deveria ser o contrário, mas não é! O chão escuro (e também a mobília no mesmo tom) acaba mostrando claramente as partículas de poeira, pelos e sujeirinhas. Felizmente, esse erro cometido por minha amiga me serviu de lição. Percebi que não estava pronta para limpar a poeira todos os dias. A coloração natural da madeira, que está super em alta, tornou-se minha salvação.


Foto: Reprodução/Brightside

6. Pia de cuba de apoio com torneira independente
Essa opção parece elegante, estilosa e moderna, até porque deixa espaço de sobra ao redor da pia para apoiar seus itens essenciais. O único aspecto negativo é que é extremamente inconveniente lavar a torneira. O sabão e a água na hora da limpar não são drenados para a pia, como de costume, mas para a bancada. Por causa disso, os produtos de limpeza não podem ser enxaguados com muita água. Também é muito provável que você tenha que enxaguar o chão mais vezes, porque a água costuma se espalhar e escorrer por toda a superfície da bancada.


Foto: Reprodução/Brightside

7. Cozinha fosca escura
As cozinhas foscas escuras têm sido muito populares entre os designers ultimamente. De fato são extremamente elegantes nas fotos, mas, na realidade, tudo é muito mais complicado: as impressões digitais permanecem constantemente na superfície fosca e é extremamente difícil limpá-las. A “felizarda” dona desta cozinha planejada moderna disse, em um tom de insatisfação, que nunca limpou esse ambiente com tanta frequência e sem sucesso.


Foto: Reprodução/Brightside

8. Revestimento de piso em linóleo
Meus familiares compraram o material linóleo para revestimento de piso, que o vendedor chamou de linóleo de escritório, alegando que é muito durável e não escorregadio. No entanto, descobriu-se na prática que, na irregularidade ou nas ondulações que surgem em sua superfície, eventualmente se acumulam poeira e sujeira. Dessa forma, com o tempo, o linóleo acaba adquirindo gradualmente um visual nada elegante, causando a aparência de piso sujo e antigo. Para piorar, a sujeira acumulada só pode ser removida com vaporizador ou escova bem dura.


Foto: Reprodução/Brightside

9. Bancada de madeira natural na cozinha
Quando vi pela primeira vez uma bancada de madeira, achei que parecia muito legal e fora do padrão. Porém, depois de usá-la por um tempo, percebi que nunca colocaria uma na minha casa. Parece muito estilosa na foto, mas na prática nem tudo é tão simples. Independentemente do quão cuidadoso você seja, qualquer dano causado acaba sendo perfeitamente visível na madeira. Além disso, essas bancadas exigem manutenção adicional, sendo aconselhável revesti-las com um composto especial cerca de uma vez por ano para que a madeira não estrague.


Foto: Reprodução/Brightside

10. Prateleira aberta na cozinha
As revistas de decoração dizem que os armários sem portas são mais iluminados e arejados. Nas fotos de prateleiras abertas com louças lindas e bem organizadas, realmente ficam elegantes, mas depois de viver pelo menos uma semana em uma casa com essa cozinha, você começa a pensar que tipo de gente organiza constantemente tudo em pilhas com precisão geométrica? Vamos ver as coisas de forma realista: com essas prateleiras, a maioria das pessoas terá no máximo uma bagunça criativa exposta para as visitas e uma camada de poeira para limpar com frequência.


Foto: Reprodução/Brightside

11. Porta com inserções de vidro
As portas com inserções de vidro têm um design um pouco mais elegante do que as sólidas comuns. No entanto, por experiência própria, percebemos que elas não são apropriadas para todos os lugares. Por exemplo, se você acender a luz do corredor à noite, a iluminação entrará no quarto, podendo incomodar quem estiver dentro dele. A luz que entra pelo vidro inclusive pode acordar quem estiver dormindo.


Foto: Reprodução/Brightside

12. Interruptor de luz longe da porta
Uma vez aluguei um apartamento cujos interruptores ficavam do lado das dobradiças da porta e não na lateral da maçaneta. Não percebi de imediato qual era o inconveniente, mas com o tempo notei que geralmente pegamos intuitivamente a maçaneta da porta com uma das mãos e acendemos a luz com a outra. Assim, é muito mais conveniente quando a maçaneta e o interruptor estão próximos, e não a uma distância de um metro um do outro. Esse erro de design cometido em um apartamento alheio foi tão marcante que durante a reforma do meu apartamento fiz questão de verificar a posição dos interruptores.


Foto: Reprodução/Brightside

13. Junta profunda entre azulejos de cozinha
Geralmente, a área em frente à pia, chamada de backsplash ou frontão, é revestida com azulejos. Além de deixar a bancada bonita, isso facilita muito na hora da limpeza. Mas mesmo aqui pode acontecer algo difícil de prever: o azulejo pode ter juntas e cantos muito profundos. Acontece que isso acumula muito mais sujeira e gordura do que se imagina e não é nada prático de limpar. Para o frontão, é melhor escolher ladrilhos planos, sem relevos e com a junta mais estreita possível.


Foto: Reprodução/Brightside

14. Exaustor de banheiro vinculado ao interruptor de luz
Já não são novidade no mercado os exaustores para banheiros. Quando estava fazendo a reforma, não reparei que a maioria deles já é conectada diretamente ao mesmo interruptor da luz. Na época, achei a ideia prática, afinal bastava acender a luz e o dispositivo funcionava automaticamente, eliminando toda a umidade do banheiro.
Na realidade, o exaustor não é necessário em todas as situações. Por exemplo, enquanto tomo banho, quero sentir todo o ambiente ao redor quentinho e úmido. Portanto, seria muito mais prático poder escolher o momento de ligar o equipamento, separando seu interruptor da luz.


Foto: Reprodução/Brightside

Loading...

Avatar

Artigo escrito por Alex Valadares, engenheiro eletricista por formação e grande admirador do mundo da arquitetura e curiosidades do mundo. Fundador, produtor, editor e roteirista do site X4T e página Portal na rede.

22 vezes que objetos perdidos reapareceram de formas inesperadas

15 vezes que os internautas criaram pôsteres de filmes com títulos super sinceros