in

19 jovens que foram de um extremo a outro depois da puberdade

Praticamente todos os leitores conhecem a história infantil do “Patinho Feio”, mas certamente diversas pessoas nunca ouviram falar na síndrome do patinho feio. Esta doença está relacionada com uma condição de baixa auto-estima, que pode ser causada por diversos fatores sendo o principal delas a aparência.
A pessoa que sofre dessa síndrome está a todo tempo preocupada com que os outros estão pensando ou comentando sobre sua aparência e forma física, ela geralmente pode ser mais notada em pessoas tímidas e com o tempo acaba desaparecendo.
Muitas pessoas que já sofreram e venceram a baixa auto-estima consideram umas das coisas mais embaraçosas da vida olhar fotos antigas se principalmente na pré-adolescência. Seja por penteados estranhos, rostos com mutas espinhas ou até mesmo aquela tendência de moda que ficou para trás. Mas aí a puberdade faz sua mágica e acaba transformando esta pessoa em uma com uma aparência renovada sem problemas com sua auto-estima.
Pensando nisso, nossa equipe do site X4T, selecionou uma galeria de fotos mostrando jovens que foram de um extremo a outro depois da puberdade que é uma fase de transição entre a infância e a idade adulta. Vale a pena conferir a galeria completa!

1. Aos 13 e aos 20 anos. Minha mãe que cortou meu cabelo deste jeito.

Foto: Reprodução/Reddit

2. (13–25) Ohhh! Ser bonita de dentro para fora e dar a devida atenção às sobrancelhas foram os melhores conselhos que já recebi.

Foto: Reprodução/Reddit

3. Sou eternamente grata pela existência dos aparelhos ortodônticos (aos 12 e aos 20).


Foto: Reprodução/Reddit

4. 13–22. Me dei de presente óculos com armações maiores.

Foto: Reprodução/Reddit

5. 12–21. Mesmo jardim, mesma câmera, mas um sorriso genuíno.

Foto: Reprodução/Reddit

6. Eu aos 13 e aos 34”. Parece que a transformação foi válida.


Foto: Reprodução/Reddit

7. Aos 16 e aos 23. Todos os meus anos escolares foram bem ruins, do ensino fundamental à faculdade, até eu completar 20 anos.

Foto: Reprodução/Reddit

8. Meu tio me chamava de homem das cavernas quando era menor! Em algum momento da adolescência, comecei a entender a real situação do meu cabelo (10–19).

Foto: Reprodução/Reddit

9. 17–24. Sofri muito bullying enquanto crescia.


Foto: Reprodução/Reddit

10. 16–30. Para ser honesta, continuo sendo bobinha.

Foto: Reprodução/Reddit

11. Aos 11 e aos 28, perdi o corpo de bebê gorducho e aprendi a sorrir do jeito certo.

Foto: Reprodução/Reddit

12. 2011–2018 (16 anos x 24 anos).


Foto: Reprodução/Reddit

13. 13–19. O mesmo carinha, mas com uma gravata diferente.

Foto: Reprodução/Reddit

14. Dos 14 aos 22 anos. Bom trabalho, puberdade.

Foto: Reprodução/Reddit

15. 12–27. Perdi um dos meus queixos, mas ganhei um sorriso.


Foto: Reprodução/Reddit

16. 16–22. Os anos entre estas duas fotos foram difíceis.

Foto: Reprodução/Reddit

17. Dos 13 aos 24 anos. Coloquei lentes, parei de fazer escova no meu cabelo e cheguei à puberdade.

Foto: Reprodução/Reddit

18. 13–21. Ficar hidratada e comer direito faz diferença.


Foto: Reprodução/Reddit

19. 4 anos depois (16–20).

Foto: Reprodução/Reddit


Foto: Reprodução/Reddit

Loading...

Avatar

Artigo escrito por Alex Valadares, engenheiro eletricista por formação e grande admirador do mundo da arquitetura e curiosidades do mundo. Fundador, produtor, editor e roteirista do site X4T e página Portal na rede.

11 Ilustrações provando como os tempos mudaram e muitas das vezes nem percebemos

29 tirinhas da “Crônicas de Wesley” dizem muito sobre o nosso dia a dia