in

27 fatos da vida cotidiana na Alemanha que certamente farão pensar: “também quero!”

A Alemanha é um país localizado na Europa Central, o seu território abrange um pouco mais de 357 mil quilômetros quadrados e é influenciado por um clima temperado sazonal. Este é um país rodeado por muitos estereótipos, piadas e lendas. Outras nações associam os alemães principalmente com a Oktoberfest e cerveja, mas em a sua população possuí alguns hábitos diferentes como por exemplo: eles separam o lixo, lavam embalagens e fecham todas as lojas aos domingos.
O que para eles é uma rotina, para outros são apenas peculiaridades. Mas, para conhecer os inusitados hábitos da vida alemã, é preciso submergir em sua realidade e falar pessoalmente com os residentes. Pensando nisso, site X4T, selecionou uma lista contendo uma série de coisas interessantes e totalmente habituais para os moradores daquele país capazes de surpreender muitas pessoas. Vale a pena conferir!

1. Comem pão no jantar
Se para muitos comer apenas pão é algo estranho, então certamente estes se surpreenderão com os alemães, já que eles inclusive têm uma refeição separada que se chama abendbrot (“tarde de pão”). Mas não se trata dos habituais pães que conhecemos, e sim de cortes de diferentes variedades: preto, de centeio, de batata, de grãos inteiros, sementes, nozes e milho.
Nos restaurantes mais caros da Alemanha, são oferecidos extravagantes cafés da manhã com 5 variedades de pães e diferentes pastas e cremes para eles. Nas padarias há uma grande diversidade desse produto para qualquer gosto, que podem confundir os olhos mais atentos.


Foto: Reprodução/Instagram

2. Ciclistas
A Alemanha é um país de ciclistas. Eles estão por todos os lados. Cerca de 96% da população tem bicicleta. Portanto, ao sair do seu carro estacionado, antes de abrir a porta é preciso verificar se não há um ciclista passando. Do contrário, você dificilmente conseguirá evitar um acidente.
Além disso, você não deve trafegar de carro pelas ciclovias e ciclofaixas. Os demais motoristas buzinarão muito, de uma forma bem descontente. Lá, o respeito ao ciclista é levado bem a sério.


Foto: Reprodução/Instagram

3. Supermercados e lojas
A primeira coisa que surpreende uma pessoa que entra num supermercado são os preços nas etiquetas de diferentes produtos com o cálculo de 1 quilo, 100 gramas ou 1 litro. É possível ver o preço calculado na mesma etiqueta sob o preço principal. O sistema foi pensado para que o comprador compare e escolhe a alternativa mais benéfica para seu caso.


Foto: Reprodução/Instagram

Ao comprar água mineral, preste atenção à etiqueta, não apenas por ela indicar o preço, calculado por litro, mas também porque o preço por garrafa é indicado separadamente. O valor da garrafa será reembolsado quando você devolver o vasilhame na loja.

Além disso, é preciso saber que a garrafa paga virá numa linha separada na nota fiscal.

Foto: Reprodução/Instagram

Em geral, as lojas na Alemanha fecham às 20h. Algumas delas encerram o expediente às 19h. Isso está previsto na legislação que regulamenta o horário de funcionamento do comércio. Vale a pena levar isso em consideração ao planejar seu dia, para não correr o risco de ficar sem comer.


Foto: Reprodução/Instagram

4. Cachorros
Na Alemanha, é comum encontrar gente com seus cachorros em todo lugar: no metrô, em lanchonetes, nos parques e nas praças. Sacolas para a coleta das fezes dos animais podem ser encontradas nas ruas de qualquer bairro das cidades. Essas sacolas são colocadas num compartimento especial, para que possam ser abertas sem encostar as mãos.


Foto: Reprodução/Instagram

5. Banheiros
Nos locais onde há a realização de eventos, são instalados esses mictórios. O uso é gratuito, o que permite economizar os 75 centavos cobrados nos banheiros pagos. Infelizmente, são funcionais apenas para os homens.

Foto: Reprodução/Instagram

Já esse objeto é voltado a mães e pais de bebês. Trocadores de fraldas são disponibilizados gratuitamente, e podem ser encontrados em todos os banheiros públicos.

Foto: Reprodução/Instagram

Frequentemente, os banheiros na Alemanha acabam virando assunto nos posts publicados por turistas. Não dá pra ficar indiferente ao senso de humor peculiar dos alemães.
“Garotas maravilhosas”. “Caras”

E em alguns casos, a parte interna dos banheiros é transformada em verdadeiras obras-primas.

6. Cartão vermelho
Arschkarte (do alemão “arsch”-“traseiro”, “karte”-“cartão”) literalmente “o cartão traseiro”; essa expressão surgiu quando todas os televisores eram preto e branco. Para evitar a confusão, os juízes colocavam os cartões em diferentes bolsos. O amarelo ficava no peito, enquanto o vermelho era colocado no bolso traseiro da bermuda. Os telespectadores sabiam qual era a cor do cartão ao verem o bolso de onde o juiz de futebol o retirava.
Como amantes do futebol, os alemães adotaram a expressão “Arschkarte gezogen”, que significa “tirou o cartão vermelho/traseiro”. Ela é usada quando algo de ruim acontece ou em caso de má sorte.


Foto: Reprodução/Instagram

7. Saunas
Na Alemanha, homens e mulheres frequentam saunas juntos. Além disso, roupas de banho não são usadas nesse ambiente. As toalhas são utilizadas exclusivamente para fins de higiene: são colocadas nos lugares onde as pessoas sentam e colocam as pernas. A mesma regra vale para piscinas.


Foto: Reprodução/Instagram

8. Oktoberfest
O mundialmente conhecido festival de cerveja, a “Oktoberfest” (que possui sua versão brasileira) é também a maior celebração do mundo. Pouca gente sabe que a festa começa já em setembro. Portanto, você pode chegar à Alemanha antes, enquanto outros esperam até outubro.


Foto: Reprodução/Instagram

9. Para respeitar as leis de trânsito
Os alemães são muito preocupados com a segurança nas ruas e, às vezes, inventam engenhocas absolutamente geniais e simples. Em algumas calçadas, pode-se encontrar dispositivos especiais com uma espécie de game de ping-pong, ativados somente quando a luz vermelha no semáforo está acesa. Isso faz com que os pedestres fiquem menos tentados a cruzar a rua no sinal vermelho.


Foto: Reprodução/Instagram

10. Os policiais mais educados
Os policiais são muito respeitados na Alemanha. Segundo uma enquete de opinião pública recente, os alemães confiam mais nos policiais do que em seus patrões ou médicos.


Foto: Reprodução/Instagram

11. Paraíso cervejeiro
A Alemanha sempre foi um país associado à cerveja. Em um ano, os alemães consomem mais de 8 bilhões de litros da bebida, que possui muitas variedades. Lá, você pode degustar mais de 5.500 tipos de cerveja e consumi-la em quase todo o lugar sem violar a legislação local.


Foto: Reprodução/Instagram

12. Pontualidade
Não é um estereótipo, é uma característica local. Os alemães detestam chegar atrasados e ficam muito preocupados se alguém está esperando por eles. Mas, é claro, imprevistos acontecem. Um usuário de uma rede social compartilhou uma carta de desculpas que recebeu junto com doces e a compensação monetária da companhia ferroviária, pelo atraso de 4 horas de seu trem.


Foto: Reprodução/Instagram

13. Praticidade
Nas antigas cidades alemãs são preservadas placas de diferentes cores para o caso de incêndios gigantes. As placas vermelhas indicam onde fica o rio, teoricamente, um lugar mais seguro.


Foto: Reprodução/Instagram

14. Tudo para mulheres
Na Alemanha, as pessoas dão muita atenção aos pequenos detalhes e ao conforto. Por exemplo, nos shoppings, você pode encontrar locais de estacionamento especiais para mulheres, que ficam ao lado das lojas, para que elas não precisem percorrer um longo trajeto até o carro carregada de compras.


Foto: Reprodução/Instagram

15. Parques infantis dos sonhos
Os parques infantis gratuitos nas cidades alemãs são surpreendentes. Pode-se encontrá-los na maioria das cidades, e todos eles são diferentes uns dos outros. Em geral, são enormes espaços com vários brinquedos nos quais as crianças podem brincar de forma segura e divertida, independente do clima que esteja.

Foto: Reprodução/Instagram


Foto: Reprodução/Instagram

16. Roubos solicitados
Recentemente, surgiu um novo tipo de negócio na Alemanha. Se o dono de uma loja percebe que alguns de seus produtos estão desaparecendo, mas não faz ideia como, ele pode contratar uma empresa dedicada ao “roubo solicitado”. A loja é inspecionada secretamente por um especialista altamente qualificado que rouba certos produtos e, logo, explica ao proprietário como se proteger contra o delito.


Foto: Reprodução/Instagram

17. “Creche” para os maridos
A maioria dos centros comerciais alemães tem um espaço para as crianças, e isso é bem habitual. Em Hamburgo, inventaram algo ainda mais interessante: inauguraram uma “creche” para homens. As esposas podem deixar seus maridos ali enquanto fazem tranquilamente suas compras. A reclusão voluntária do marido custará somente 7 euros. Oferecem ao seu amado um almoço e 2 garrafas de cerveja. Eles ficam sob cuidados de 2 “babás” especialmente capacitadas. Há livros, televisão, jornais e vários jogos. Às 18h, as alemãs voltam para buscá-los. Cômico, não?


Foto: Reprodução/Instagram

18. A Fanta foi inventada lá
Recentemente, um fabricante de refrigerantes revelou a história da criação da Fanta. Na verdade, essa bebida tem origens alemãs. Em 1939, devido à várias dificuldades no transporte originadas pela Segunda Guerra, ficou cada vez mais difícil levar insumos necessários para a produção de Coca-Cola no território alemão, especialistas locais inventaram um novo refrigerante, que poderia ser fabricado com ingredientes disponíveis naquele momento, na própria Alemanha. Então, surgiu um novo refrigerante: “Fanta”, cujo nome, segundo uma versão, provém da palavra alemã Fantastishch, que significa “fantástico”.


Foto: Reprodução/Instagram

19. Cabo de guerra de dedos
Os homens da Baviera sabem perfeitamente como é ter dedos fortes: como treiná-los, exercitá-los e esticá-los para serem os melhores num dos campeonatos mais estranhos de todos os tempos: Fingerhakeln. Os competidores entrelaçam seus dedos e começam a puxar em direções opostas até que um deles se solte.


Foto: Reprodução/Instagram

20. Máquinas de venda automática de salsichas
Qual é a primeira coisa que vem à sua mente quando você pensa sobre a comida de uma máquina de venda automática? Provavelmente alguma goma de mascar, barras de chocolate ou biscoitos, certo? Que tal umas salsichas Bratwurst? É uma típica salsicha alemã feita de carne de porco, vitela ou vaca.


Foto: Reprodução/Instagram

21. Sem limites de velocidade
Você já viu esse sinal de trânsito? Se dirigir nas autopistas da Alemanha, você precisa saber o que significa: não há limites de velocidade. Por isso, é totalmente legal pisar no acelerador e aproveitar a velocidade máxima do seu carro!


Foto: Reprodução/Instagram

22. A precaução é uma prioridade
A “precaução” em primeiro lugar! Mesmo se houver uma pequena passagem para pedestres na rua de uma cidadezinha em algum lugar na Alemanha, você também pode ter muitos sinais para avisar os condutores de qualquer ângulo.


Foto: Reprodução/Instagram

23. A rua mais estreita do mundo
A Spreuerhofstrasse, localizada na cidade de Reutlingen, é considerada a rua mais estreita do mundo. Mede apenas 31 cm no seu ponto mais largo e está incluída no Livro Guinness dos Recordes.

Foto: Reprodução/Instagram

24. Paradas falsas de ônibus
Muitos lares de idosos na Alemanha têm paradas falsas localizadas perto deles. Se os pacientes com Alzheimer decidirem sair de casa, eles irão para o ponto de ônibus, e é aí que os cuidadores finalmente os encontrarão.

Foto: Reprodução/Instagram

25. Estacionamentos
Pontos de estacionamento para mulheres. De forma geral, eles são colocados em lugares mais práticos em comparação com as demais vagas para carros. E isso não é um gesto de cavalheirismo. Com a medida, os alemães evitam possíveis casos de ataques contra mulheres, que, infelizmente, seriam muito possíveis de ocorrer em estacionamentos fechados e subterrâneos. E a localização da vaga perto da saída do estacionamento tem o objetivo de facilitar a vida da mulher em caso de ameaça.


Foto: Reprodução/Instagram

26. Não usam esponjas
As esponjas para os alemães são uma coisa incompreensível, não passam de portadoras de bactérias. Os habitantes locais estão acostumados a se lavar com as mãos ou a realizar procedimentos higiênicos. Há pouco tempo, algumas pessoas mudaram para a Alemanha e compartilharam sua história de como, em um centro esportivo, um alemão se aproximou e perguntou “o que é isto?”, apontando para a esponja, e até mesmo pediu para que a tocasse com o dedo.
Encontrar uma esponja na Alemanha é um grande problema. A julgar pelos comentários, são vendidas apenas em lojas para artigos para o lar chamadas “DM” e são de má qualidade: segundo as avaliações, são muito suaves e se desgastam em uma semana.


Foto: Reprodução/Instagram

27. Comem carne moída crua
O mett é um prato alemão de carne picada com especiarias e cebola. Muitas vezes, esse “suculento” prato é feito de carne de porco, às vezes a metade é carne de vaca. É servido espalhado no pão ou na forma de um ouriço com pontas ou palitos de cebola.
Pode-se considerar uma espécie de bife tártaro, mas a diferença está na carne moída. Segundo a lenda, na Alemanha esse tipo de comida obteve sua popularidade graças a um morador de Berlim que o inventou, há 100 anos.


Foto: Reprodução/Instagram

Loading...

Avatar

Artigo escrito por Alex Valadares, engenheiro eletricista por formação e grande admirador do mundo da arquitetura e curiosidades do mundo. Fundador, produtor, editor e roteirista do site X4T e página Portal na rede.

Os segredos sobre os restaurantes fast food conhecidos apenas por seus funcionários

26 tirinhas realistas para pessoas com percepção muito avançada