in

9 sinais que você precisa rever o seu relacionamento e algumas das vezes até terminar

Para ter sucesso em uma relação à dois como o namoro ou casamento, é preciso ter uma combinação de elementos que formam uma união e principalmente uma interação entre o casal, o amor é indispensável. Quando existe uma forma de carinho e amor na vida de um casal não é só pelo fato de estar apaixonado ou gostar muito um do outro, ele pode ser representado de diversas formas e vivido em várias situações e momentos do cotidiano. A convivência de um casal vai transformando o relacionamento fazendo desaparecer a timidez que tinha presente no começo dando espaço para a liberdade.
Contudo, sem dúvida a melhor pessoa para dizer se a melhor opção é investir na manutenção do seu relacionamento ou terminá-lo de vez é você mesmo. No entanto, às vezes é preciso decidir entre: estar junto, ser feliz ou ser uma vítima. Dessa forma, veja abaixo uma lista contendo sinais que indicam que um relacionamento assim deve ser ajustado ou interrompido para que se torne uma relação feliz.

1. Sentir-se infeliz no relacionamento
Se o relacionamento não traz nenhuma alegria, se você está sempre tenso, incomodado, triste, sentindo-se oprimido pelo outro, é porque a relação está sendo destrutiva para você.
Aqui, o importante é que você seja você mesmo e aceite honestamente o seguinte: se sua relação é “tóxica”, talvez você esteja dependente dela. Tente descobrir que benefício o relacionamento traz (por exemplo, aplaca o seu medo de ficar sozinho ou de não conseguir ser alguém independente, fazendo com que você dependa economicamente da outra pessoa).


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

2. Você não pode ser você mesmo quando está ao lado do parceiro ou parceira
Ser ridículo e engraçado sem que os outro lhe julgue, não ter medo de demonstrar vulnerabilidade estando com seu parceiro, sentir-se livre ao lado do companheiro da mesma forma que como se estivesse sozinho… tudo isso são sinais de um relacionamento saudável. Mas se tudo é o contrário, talvez você não esteja com a pessoa “certa”.
Ao se limitar apenas a determinado “papel”, você limita o acesso às riquezas da sua personalidade e impede o desenvolvimento da relação.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

3. A outra pessoa tenta controlar tudo que você faz
Seu parceiro insiste em fazer interrogatórios… quem ligou para você, com quem está trocando mensagens, o que conversava com seus amigos, onde estava. Além disso, entra nos perfis dos seus contatos nas redes sociais e quer saber quem são aquelas pessoas. Tenta controlar seus gastos pessoais, chegando a exigir que você mostre comprovante de compras. Quer que você peça permissão para ir a determinado lugar ou para fazer determinada coisa.
O controle total e os interrogatórios podem vir disfarçados de carinho, mas na verdade são formas de violência emocional: são, afinal, tentativas de impor limites ao seu espaço pessoal.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

4. Seu parceiro ou parceira quer que você se isole do resto do mundo
A outra pessoa quer que você fique isolado dos amigos e família. Reclama que você usa o telefone ou saia no carro. Não permite que você procure emprego.
Também são sinais clássicos de violência psicológica e de que a pessoa quer colocar você num estado de dependência emocional e financeira.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

5. Tem ciúmes sem motivos
Seu parceiro ou parceiro é uma pessoa super ciumenta, capaz de armar um escândalo do nada, controla todas as ligações telefônicas que você faz ou recebe, além de acompanhar detalhes das suas redes sociais e da sua interação com o mundo.
Esse tipo de comportamento não é amor. É uma maneira de violência e uma tentativa de submeter o outro.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

6. Frequentemente, menospreza suas conquistas
A pessoa está o tempo todo dizendo que você não tem nada de especial, que é sem graça e que suas conquistas sociais não significam nada. Assim, ela transmite diretamente ou subliminarmente a seguinte mensagem: “Quem mais se interessaria por você?”. E o pior é que você pode até começar a achar que seu parceiro tem razão, sentindo-se uma pessoa entediante e desinteressante.
Ao que parece, seu parceiro ou parceira não está suficientemente seguro de si, manipulando você para aumentar a própria autoestima.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

7. É difícil ou impossível imaginar um futuro juntos
Um traço definitivo de uma relação saudável é a comunhão de valores. As duas pessoas envolvidas se sentem tão seguras que começam a fazer planos para o futuro. Mas numa relação tóxica, tudo é diferente: o que une as pessoas não são planos para o futuro ou para o presente, e sim o passado. Tentam encontrar uma boa justificativa para continuarem juntas só porque possuem boas lembranças a dois.
Quando fica difícil ou até impossível pensar num futuro ao lado daquela pessoa, é um sinal de que o relacionamento está envenenando sua vida.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

8. Tentar fazer com que você se sinta culpado
Sempre que algo dá errado, a pessoa joga a culpa em você e exige uma justificativa.
Seu parceiro ou parceira tende a evitar as responsabilidades pelo o que acontece e pela relação em si. Ele ou ela sabe manipular, sempre tentando se esquivar e fazer com que a culpa acabe sempre com você.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

9. Ataques incontroláveis de fúria
Até mesmo a mais equilibrada das pessoas pode perder a calma de vez em quando, mas isso não pode virar algo rotineiro, nem passar para a agressão física. Se seu parceiro ou parceiro “explode” facilmente”, sobretudo quando a situação não é assim tão grave, pode chegar a representar perigo. Assim deve-se procurar uma forma de resolver esta situação o mais rápido possível.


Foto: Reprodução/Alena Tsarkova

Loading...

Avatar

Artigo escrito por Alex Valadares, engenheiro eletricista por formação e grande admirador do mundo da arquitetura e curiosidades do mundo. Fundador, produtor, editor e roteirista do site X4T e página Portal na rede.

21 noivas ousadas que fizeram seus próprios vestidos de casamento

Mulher faz sucesso removendo Ex-namorados(as) de fotos por 15 dólares