in

Como esses 22 desenhos da nossa infância mudaram com o tempo

Os desenhos animados estão presentes em diversos segmentos como: filmes de animações, séries animadas, programas de televisão, além de possuírem muitas vezes destaques em renomados parques de diversões. Algumas famosas franquias de animações e desenhos possuem milhares de fans espalhados pelo mundo, sendo conhecidos e adorados por várias gerações de entusiastas, as histórias de muitos personagens de animação e desenhos são conhecidas por pessoas de todas as idades, tanto as crianças, quanto os adultos e todos amam as muitos de seus personagens que possuem vários estilos, formas e personalidades e cada um deles faz com que um tipo de público se identifique.
Muitos desses desenhos, é claro, ficaram apenas na lembrança, com poucas temporadas, mas há alguns que são transmitidos até hoje na TV e com novos episódios. Embora tenham mudado, é sempre uma boa ideia assisti-los novamente, para voltar a se sentir aquela nostalgia de quando éramos crianças. Pensando nisso, nossa equipe de redação do site X4T, selecionou uma galeria de imagens mostrando como alguns desenhos da nossa infância mudaram ao longo do tempo. Vale a pena conferir a galeria completa abaixo!

1. Bob Esponja
A divertida e simpática esponja está conosco desde 1997 e mudou bastante ao longo da “carreira”. No início, os desenhos eram feitos à mão e suas cores eram mais escuras. Com o passar do tempo, a série animada foi se modernizando com o uso de novas tecnologias. Na nona temporada, a qualidade da imagem se tornou mais nítida e clara, pois passou a ser feita no computador. Já no filme de 2015, foram acrescentados detalhes em 3D. O famoso desenho continua sendo transmitido e estamos esperando por sua 13.ª temporada.


Foto: Reprodução/Brightside

2. Os Simpsons
Em 1987, a icônica família de Springfield ainda era apenas uma vinheta de cerca de dois minutos, apresentada no programa The Tracey Ullman Show. Mas o enorme sucesso fez com que ganhasse “vida própria”. No início, os personagens e os cenários eram bastante simples, com linhas desiguais e proporções incomuns. Pouco depois, esses detalhes foram modificados, até ganharem a forma que conhecemos hoje. Também no início, os desenhos eram feitos à mão e pintados de forma computadorizada, mas em 2010 toda a produção passou a ser digitalizada, mudando o processo de edição dos episódios.
Quanto às histórias, em si, as diversas trocas de roteiristas fizeram o enredo se transformar constantemente. No início, víamos situações mais reais e do dia a dia. Depois, surgiram situações malucas e até surreais. Embora para alguns fãs Os Simpsons possam ter perdido a graça há muito tempo, a série continua sendo um sucesso de público e já conta com 31 temporadas.


Foto: Reprodução/Brightside

3. As Meninas Superpoderosas
As irmãzinhas com superpoderes que lutam para salvar sua cidade dos monstros e das criaturas estranhas foram criadas há mais de 20 anos. A série é produzida pela Cartoon Network. O programa contou com seis temporadas até 2004, quando parou de ir ao ar. Houve um reboot (“reinício”) em 2016, mas que não foi muito bem recebido pelo público. Os desenhos eram diferentes e tinham uma qualidade melhor, mas o enredo não convenceu os fãs. Recentemente, os produtores anunciaram que haverá uma live action, desta vez com as irmãs já adultas e que promete não decepcionar.


Foto: Reprodução/Brightside

4. Scooby-Doo
Se existe um desenho animado que fez parte de todas as gerações, é o do Scooby-Doo. A história vem mostrando o cachorro falante e seu grupo de amigos resolvendo mistérios desde 1969. Ao todo, já são 13 adaptações. A última delas, chamada Scooby-Doo e Convidados, começou no ano passado e ainda está no ar. Com o passar dos anos, os desenhos mudaram significativamente, passando por diferentes tipos de traços e apresentando uma imagem de melhor qualidade.


Foto: Reprodução/Brightside

5. Os Jovens Titãs
Os super-heróis da DC Comics tiveram sua primeira adaptação animada em 2003, na tela do Cartoon Network. O desenho contou com cinco temporadas até 2005 e, em 2013, os personagens voltaram renovados e com um novo look em Os Jovens Titãs em Ação! Na primeira série, eles tinham a aparência de personagens de quadrinhos e o enredo girava em torno das façanhas realizadas pelo grupo para salvar a cidade. Mas na segunda versão foram desenhados no formato chibi, um tipo de desenho característico de anime japonês. Já o enredo se tornou um pouco mais infantil desde o lançamento.


Foto: Reprodução/Brightside

6. O Clube das Winx
A série italiana mostra a vida de um grupo de adolescentes que possui poderes mágicos e vive diversas aventuras enquanto aprende a usar a magia das fadas. A história foi lançada em 2004 e, desde então, continua sendo transmitida e já conta com oito temporadas. Mas, com o passar dos anos, os desenhos mudaram, e não só a qualidade da imagem melhorou, como os personagens foram adquirindo características mais próximas dos animes japoneses.


Foto: Reprodução/Brightside

7. Tom e Jerry
A clássica história do gato perseguindo o rato acompanhou várias gerações Sua estreia remonta a 1940. Ao longo de todo esse tempo, os desenhos passaram pelas mãos de vários diretores e produtores, mas sempre mantiveram a essência do pobre Tom e das suas tentativas fracassadas de capturar Jerry. Lançada em 2014, a série O Show de Tom & Jerry traz personagens modernizados e novas histórias. A imagem também passou a ter uma qualidade muito melhor.


Foto: Reprodução/Brightside

8. Looney Tunes
Outro clássico da animação. Os Looney Tunes são verdadeiros ícones do mundo dos desenhos, já que sua criação remonta ao ano de 1930. Nessa época, a Warner Bros. queria fazer uma série de curtas musicais (havia um enorme foco na música que acompanhava as animações). Desde então, foram surgindo diferentes personagens e histórias. A “franquia” possui filmes, um game e diversas versões dos personagens. A última, chamada Looney Tunes Cartoons, foi lançada este ano.


Foto: Reprodução/Brightside

9. Os Padrinhos Mágicos
Conhecemos o garoto de boné rosa e os seus dois padrinhos mágicos em 1998, graças à Nickelodeon. A série tem dez temporadas e, embora não sejam produzidos mais episódios, foi uma das mais longevas do canal e é exibida até hoje. As mudanças nos desenhos não foram apenas físicas (na nona temporada passou para o formato de alta definição e widescreen), mas também na história, uma vez que novos personagens começaram a fazer parte da vida de Timmy, Cosmo e Wanda, como Poof, o filho de magos.


Foto: Reprodução/Brightside

10. Pokémon
Embora o Pokémon seja uma franquia que vá além da televisão, desde 1997 podemos ver na tela Ash Ketchum junto com o seu fiel companheiro Pikachu e o seu grupo de amigos treinando monstrinhos, para se tornarem Mestres Pokémon. A série animada de videogames tem 23 temporadas, sendo que a última foi lançada em 2019. Nessa nova versão, os desenhos ganharam outro aspecto e a história gira em torno do início das aventuras do protagonista. Inclusive foi incorporado um outro personagem, chamado Go.


Foto: Reprodução/Brightside

Avatar

Artigo escrito por Alex Valadares, engenheiro eletricista por formação e grande admirador do mundo da arquitetura e curiosidades do mundo. Fundador, produtor, editor e roteirista do site X4T e página Portal na rede.

22 pessoas que se arrependeram amargamente de suas decisões

20 coisas descascadas que mudaram completamente de aparência